LAX AIALA

Artista visual nascido em Belo Horizonte e que desde 1998 atua na vertente do grafitti nas ruas da cidade. Atualmente a sua linha de trabalho defende o nostalgismo, termo italiano que significa aproveitar com prazer a nostalgia do passado. O artista cria artes baseadas nesse sentimento através de “easter eggs” que são inspirados em personagens da TV que assistia durante a adolescência.
Mesclando identidades conhecidas dos anos 80 e 90, o universo criativo de Lax é marcado pelo retrô-futurismo e pela relação entre humanos, máquinas e a natureza. Ele está a quase há 23 anos no mundo do grafitti, e teve seu primeiro contato com a arte de rua em 1997 no Bowl do Nova Floresta. Ao ver uns caras mais velhos fazendo desenhos com a tipografia do pixo ele chegou junto e pediu para aprender. Desde então segue apaixonado com o spray e suas cores.
A meta atual de Lax é estar cada vez mais presente em galerias e exposições, mas sem abandonar a arte de rua, permitindo que sua arte ocupe todos os lugares. Na Galeria CAUS o artista irá apresentar 3 telas que convidam o público a pensar de forma consciente e coletiva, valorizando a natureza e a tecnologia, integrando esses conceitos com diferentes realidades sociais para a evolução de todos como um.
Todo o seu trabalho vem integrado com a questão de proteção dos animais e da natureza. A arte de Lax caminha lado a lado com a causa da adoção e melhoria de vida dos bichos em situação de rua.