GUD

Marcelo tem 40 anos, viveu a vida toda na Região Leste de Belo Horizonte e iniciou no mundo do grafitti em 1996, mas antes disso ele já deixava suas tags através do pixo nos prédios e muros da cidade.
Seu primeiro contato com o grafitti foi por meio de cartões postais vindos de Brasília presenteados por um amigo. Ele se encantou com a perfeição dos traços nos desenhos feitos com spray e os dois decidiram juntos pintar os seus primeiros muros com a arte. Assim ele continua até hoje, colorindo paredes por onde passa.
Em toda sua vasta história e caminhada ao lado do grafitti, Gud participou de diversos eventos de arte urbana espalhados pelo Brasil. O artista fala que se não fosse a sua arte ele nunca teria conhecido tantos estados, cidades e pessoas, que fazem a diferença em sua jornada. Por meio do reconhecimento dos seus desenhos, Gud foi arte educador e participou de exposições e mostras em importantes museus e galerias de BH, como Museu Inimá de Paula, Palácio das Artes, MM gerdau, entre outros.
O artista está presente em diversas vertentes do grafitti. Ele produz bombs, wild style, 3D, personagem e cenários. Ele não limita seu trabalho e gosta de afirmar que é apaixonado com tudo que engloba a arte com spray. Seu estilo de desenho é mais focado em personagens e figuras humanas, bem coloridas e cheias de vida. É nessa pegada que ele se inspirou para criar os 3 painéis que irão ser apresentados na Galeria Caus. Sua inspiração para a exposição foi pegar algumas pinturas antigas e fazer uma relação com esportes que antes eram discriminados e hoje são mais aceitos, como o Skate e o Surf, passando também pela questão cultural do próprio grafitti. Gud busca sempre utilizar uma linguagem que valorize aquilo que anteriormente era malvisto pela sociedade devido a preconceitos e opiniões ignorantes, impostas pela sociedade e o mundo que o rodeia. GUD é muralista, grafiteiro, e domina diversas técnicas e instrumentos artísticos, proporcionando uma enorme versatilidade na realização de suas artes.