Projeto experimental que se propõe a provocar diálogos e debates a partir da visão de artistas visuais e outros profissionais ligados à cena cultural de Belo Horizonte.

CAUS é um diagnóstico visceral a respeito do mal-estar civilizacional que atravessamos, um convite para quebrarmos muros, abrirmos portas na retomada das cidades neste momento de reocupação dos espaços públicos e semipúblicos que foram impactados pela COVID-19.

Em um espaço demarcado pelo colonialismo histórico e perverso de outros tempos, a exposição causa desconfortos e incômodos que nos levam a refletir sobre os nossos papéis como indivíduos na sociedade atual, na trama que nos religa na direção de uma vida coletiva e comunitária.

Discutir o CAUS exige que saiamos da zona de conforto para decolonizar os pensamentos, romper com estruturas rígidas e ideias preconcebidas, e finalmente percorrermos através da arte caminhos totalmente novos aos trilhados até aqui em nosso processo civilizatório.